No blog de Didil

Posted by : Jander Freire | 8 de novembro de 2011 | Published in

Lendo o blog do amigo Didil, separei esses textos para discorrer sobre o tema BR 110:

Socializar a luta
Continuo a dizer que essa luta da BR 110 deva ser de toda a sociedade civil e sem esteriótipos e rancor, pois é uma luta árdua e que no momento não é salutar tentar eleger vilões ou mártires nessa empreitada que é nossa.
Socializar a luta II
Reputo que é uma obra irreversível e que só necessita de uma ação coordenada - a exemplo do que farão hoje em Janduís - da sociedade civil que envolva todas as pessoas, inclusive os nossos representantes mandatários, os quais devem ser "intimados" a interagir com os mais variados movimentos de pressão.
Socializar a luta III
O Movimento criado a partir de Campo Grande tem como estratagema envolver toda a sociedade potiguar, cujos atores principais são a comunidade envolvida, porém, sem excluir quem verdadeiramente possa contribuir para a consolidação da nossa causa.
Utopia
Acho que é utopia imaginar-se construir a nossa BR sem o envolvimento de nossos representantes com mandato. Eles têm que ser "coagidos" a participar desse movimento suprapartidário. È preciso deixar o maniqueísmo de lado.
Utopia II
Nessa questão da BR 110 não se deve oferecer uma dualidade de quem é do bem e de quem é do mal. Isso é extremamente subjetivo e divergente, de forma que não colabora efetivamente para o debate.

NOTA DO BLOG: Caro amigo Didil, existe uma coisa que não está sendo levada a sério em todos esses anos: o desencanto do povo! A população de Upanema está desacreditada. Isso se chama SENTIMENTO. E ninguém pode tolher o sentimento do povo. Dessa forma, quando apontamos culpados por mais essa decepção não estamos equivocados. Isso não é, de forma alguma, um discurso revanchista ou maniqueísta. Revanchismo parece existir nessa politicagem sórdida, praticada há muito neste estado. E quando um povo decide ir a desforra, nada mais é do que uma reação natural. O povo tem autoridade para isso! O que temos constatado é o afã da politicalha, das práticas pontuais, pragmáticas, psicologizantes e espontaneístas. Já chega. Esgotou-se!
Estamos associando esse engano de mais de 50 anos aos políticos que votamos a cada 4 anos, sempre os mesmos Alves, Maia, Rosados, Farias...Isso é INSANIDADE! Sim insanidade, pois fazemos sempre a mesma coisa (votamos nesse povo) e esperaramos um resultado diferente.

comentários

  1. Anônimo

    palmas palmas palmas p/ Jander
    que ótimo comentario. A verdade é essa, a população de upanema estar desacreditada

    quarta-feira, 9 de novembro de 2011 19:47:00 BRT